O Vanádio

Vanádio mineral raro, natural que auxilia no combate de vários tipos de doenças, tais como diabetes, triglicirídios, colesterol além de retardar o envelhecimento.

O vanádio como um nutriente importantíssimo na prevenção de diversos problemas de saúde como o retardamento do processo de envelhecimento, além de auxiliar o metabolismo dos carboidratos e lipídios (gorduras), o que proporciona a diminuição do colesterol e triglicerídios; no auxílio do tratamento de diabetes; na desobstrução de artérias, sendo ideal para quem tem problemas coronários. E juntamente com o pH alcalino, auxilia na diminuição do acúmulo de ácido úrico nas vias urinárias. Possui efeito dermatológico e cicatrizante. Esteticamente, proporciona brilho aos cabelos, além de diminuir o cansaço físico e mental, causando uma sensação leve e de bem-estar.

De acordo com a matéria veiculada pela rede Globo, o vanádio foi descoberto por acaso em 1801, na França, quando um fabricante de cosméticos usou a água da cidade de Vichy para fazer compressas em ferimentos e se curou depressa. Então, ele passou a usar a água da fonte nos cremes que fabricava. Vinte anos mais tarde, outro francês batizou a substância de vanádio, em homenagem a Vanadis, deusa da beleza na Escandinávia.

 

As propriedades terapêuticas do Vanádio

Pesquisas recentes apontam o vanádio como nutriente importantíssimo na prevenção de diversos problemas de saúde. Suas principais propriedades terapêuticas, já conhecidas, são as seguintes:

Antioxidante: É moderador das oxidações orgânicas, o que auxilia no rejuvenescimento; 

Radicais-livres: Combate os radicais livres, o que evita a modificação celular e sua repercussão nos órgãos dos sistemas, sendo considerado como profilático do câncer;

Diabetes: Atua no mecanismo de ação da insulina, estimulando a captação de glicose de forma semelhante à insulina, facilitando sua entrada na célula, o que favorece o organismo do diabético; 

Coração: Auxilia o metabolismo dos carboidratos e lipídios (gorduras), o que proporciona a diminuição do colesterol e das triglicérides, atuando positivamente na aterosclerose e como coadjuvante no emagrecimento, além de ajudar a desobstruir artérias. É ideal para quem tem problemas coronários;

Processo anabólico: Favorece o anabolismo, atuando nas debilidades em geral e convalescença das infecções agudas;

Anemias: No metabolismo do ferro, o vanádio promove sua distribuição e auxilia a sua correção mais rápida nas anemias carências quando utilizado em conjunto com sulfato ferroso. Como utiliza a mesma via de transportes e absorção que o ferro, também atua nas anemias globulares;

Sistema Respiratório: Favorece patologias do sistema respiratório superior e inferior (rinofaringite, laringite estrindurosa, asma, bronquite, adenopatia cervical e traqueobrônquica);

Antiestresse: Atua diminuindo o cansaço físico e mental, causando uma sensação leve e de bem estar, sendo assim excelente antiestressante;

Dermatologia: Possui efeito dermatológico cicatrizante; esteticamente, proporciona brilho para os cabelos;

Osteoporose: Utilizando a mesma via do fósforo, previne a osteoporose.

Cáries: Atuando em conjunto com o flúor, previne cáries. Favorece a mineralização dos ossos e dentes, provavelmente devido à troca do fósforo na molécula de apatita (fosfato de cálcio com flúor), conduzindo ao endurecimento da apatita, estimulando a mineralização da dentina, podendo exercer um efeito protetor contra as cáries;

Colesterol: Diante de todas essas propriedades, o vanádio atua de forma benéfica em órgãos tais como o fígado, o pâncreas e vesícula biliar, porque diminui a síntese de colesterol;

Ácido Úrico: Por possuir pH alcalino, auxilia na diminuição do acúmulo de ácido úrico nas vias urinárias.

O vanádio também ajuda a regular o sistema circulatório, ajuda a reduzir níveis de colesterol e acúmulo no sistema nervoso central, diminui o açúcar no sangue e ajuda a reduzir a incidência de ataque cardíaco. Além disso, também melhora a pressão arterial elevada, problemas respiratórios e circulatórios, e tem-se mostrado amplamente eficaz para fins alimentares e cosméticos.

 

Vanádio e a Diabetes

O desenvolvimento de terapias alternativas para a diabete é muito importante. Vários compostos de vanádio vêm sendo indicados no tratamento da diabetes, devido ao seu efeito similar ao da insulina. A diabete é uma doença caracterizada principalmente por hiperglicemia crônica (açúcar no sangue). Sua etiologia pode estar associada à produção insuficiente ou resistência à insulina. Muitos pacientes afirmam melhora de seu estado diabético ao consumirem água vanádica.

Afirma-se, por exemplo, que cerca de 80% das pessoas obesas podem controlar o aparecimento de diabetes com vanádio.

O açúcar no sangue é normalmente armazenado nas células, mas quando os níveis de açúcar aumentam mais e mais, o açúcar permanece no sangue, levando ao desenvolvimento da diabete.

Nesse contexto, o vanádio é eficaz para:

  • Incentivar o armazenamento de insulina em células do corpo;
  • Incentivar a transformação do açúcar à insulina, e incentivar a fusão de insulina de células receptoras;
  • Estimular reações enzimáticas para melhorar a aceitação do açúcar no sangue pelas células do corpo.
301 Moved Permanently

Moved Permanently

The document has moved here.


Apache Server at www.companhiadamidia.com.br Port 80